Quem somos

Nossa visão 

“Que o mundo veja em nós discípulos de Jesus Cristo o poder transformador do evangelho!

DIVISA

“… Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome diariamente a sua cruz e siga-me.”

Jesus Cristo
Lucas 9.23

HINO OFICIAL

“Usa, Senhor”

Usa, Senhor, todo o meu ser pra teu louvor.

Mãos, pés e voz, tudo consagro a ti.

Não há no mundo nada melhor

que dia a dia trabalhar por Jesus.

Por isso tudo te entrego, ó Deus,

enquanto neste mundo eu viver.

Usa, Senhor, todo o meu ser pra teu louvor.

Mãos, pés e voz, tudo consagro a ti. 

433 HCC (Mônica Coropos, 1987)

DIRETORIAS

DIRETORIA ESTATUTÁRIA 

Presidente:  Pr. Celso Eronides Fernandes

1º Vice-presidente: Wilson Ortiz

2º Vice-presidente: Rogério

1º  Tesoureiro: Orlando

2ª  Tesoureiro: Valmir

1ª Secretária: Harumi

2ª Secretária: Rosângela

 

CONSELHO ADMINISTRATIVO-FINANCEIRO

Presidente: 

1º Vice-presidente:

1º Tesoureiro:

2ª Tesoureiro:

Coordenador Ministério Diaconal

 

COMISSÃO DE EXAME DE CONTAS

 

 

MINISTÉRIOS DA IBAPI E SUAS ATRIBUIÇÕES

1. MINISTÉRIO PASTORAL: Pr. Celso Eronides Fernandes

A liderança espiritual da Igreja é de responsabilidade do Pastor Titular, a quem compete traçar as diretrizes para a atuação dos demais ministérios da Igreja.

Poderá o Pastor Titular indicar Pastores Auxiliares, para compor o Ministério Pastoral, mediante homologação da Assembléia Geral, para o exercício das funções que por ele lhes forem atribuídas e informadas à Igreja;

Cabe ao Pastor Titular:

a) exercer as funções pastorais, segundo a Bíblia Sagrada e definidas no Novo Testamento, Cf. 1 Timóteo 3.1-7;

b) exercer a Presidência da Igreja, a menos que manifeste o desejo de não exercê-la, mediante assuntos que venham ferir a ética pastoral e cristã;

c) trabalhar para que a Igreja desenvolva suas atividades-fins e alcance seus objetivos em termos do Estatuto;

d) presidir o Conselho de Líderes, convocar suas reuniões e encaminhar à Diretoria suas propostas, para apreciação da Assembléia Geral;

e) representar a Igreja em reuniões externas, inclusive naquela em que se exija representação legal, não se excluindo a possibilidade de delegação de tal função.

f) coordenar e supervisionar todas as atividades, programações, projetos junto aos coordenadores dos ministérios da Primeira Igreja Batista em Peinheiros.

 

2. Ministério DO CULTO:

O Ministério de Música, cujo coordenador é indicado pelo Pastor Titular, mediante homologação da Assembléia Geral, possui as seguintes atribuições:

a) promover, coordenar e integrar as atividades de música e culto, estimulando, sobretudo, o desenvolvimento daquelas relacionadas à música coral e instrumental, ao canto individual, de grupos vocais e congregacional, além de outras formas de expressão que possam enriquecer os cultos e aperfeiçoar aspectos da vida cristã;

b) indicar e submeter à apreciação do Pastor os nomes dos líderes das diversas equipes que desenvolvam atividades vinculadas ao Ministério de Música e às demais áreas da igreja, tais como as equipes de instrumentistas, de operadores de som e de multimídia e de dirigentes do louvor congregacional;

c) definir responsabilidades, especificar atribuições e programar a atuação das equipes mencionadas no item anterior (“b”) nos cultos da Igreja;

d) promover a atualização permanente das equipes vinculadas a este Ministério, assim como a capacitação musical, na medida do possível, de membros da Igreja interessados, através de aulas, treinamentos e participação nas atividades de música;

e) promover a realização de congressos, encontros, seminários, reuniões de louvor e a eventos voltados para temas de música e adoração;

f) participar da elaboração musical dos programas de cultos da igreja, atendendo à diversificação de estilos musicais, especialmente do canto congregacional;

g) promover, dentro das possibilidades da Igreja, o funcionamento de Curso Livre de Música e de Biblioteca especializada nesta área, que poderão ser abertas à Comunidade;

h) estimular autores e compositores musicais e promover a divulgação e utilização de suas obras;

i) participar de Congressos, Encontros e Reuniões que enriqueçam o Ministério de Música, com vistas à sua dinamização e atualização;

j) desenvolver atividades de apoio aos demais Ministérios da Igreja, quando houver solicitação nesse sentido;

k) promover eventos músico-culturais internos e junto à comunidade de igreja local, particularmente em datas comemorativas;

l) acompanhar o estado de conservação dos instrumentos musicais de propriedade da Igreja, assim como dos equipamentos de som e multimídia, informando ao Pastor sobre a necessidade de sua manutenção ou da realização de novas aquisições;

m) propor verba orçamentária anual, gerindo seus recursos durante o exercício, autorizando e acompanhando a aplicação dos desembolsos necessários às atividades atribuídas a este Ministério;

n) apresentar ao Pastor da Igreja planos, programas e atividades do Ministério para sua apreciação e anuência, orientado pelo plano estratégico em vigor.

 

3. MINISTÉRIO DIACONAL

Diáconos Consagrados:  Noel Teles de Almeida,  João Popov – Jubilado

Diáconos Eleitos:

–   Orlando Sérgio Prieto (Coordenador)
–   Moisés de Mattos Scripnic
–   Clodoaldo Alves Torres
–   Jair Marques dos Santos
–   Rogério Silva Santos
–   Walmir Rodrigues de Freitas
–   Wilson José Ortiz Gomes

Compete ao Conselho Diaconal desenvolver tarefas definidas no Novo Testamento e seus membros deverão possuir as qualificações bíblicas para a investidura, em harmonia com o Ministério Pastoral, exercendo as seguintes atribuições:

a) assessorar o Ministério Pastoral visando ao bom andamento dos trabalhos da Igreja;

b) preparar e distribuir os elementos da Ceia do Senhor nas ocasiões próprias;

c) colaborar no recolhimento dos dízimos e ofertas por ocasião das solenidades de cultos promovidos pela Igreja;

d) cultivar relacionamento harmonioso entre os membros da Igreja;

e) assessorar os setores da igreja, quando solicitado e se fizer necessário, visando ao melhor desempenho de suas atividades;

f) participar de plantões dominicais no templo e em suas dependências, de acordo com escala de serviço;

g) participar de programa de visitação aos membros da igreja, em articulação com o Pastor da Igreja e a Comissão de Membros;

h) incentivar a prática da oração;

i) acompanhar as atividades de ação social da igreja em articulação com o Ministério de Ação Social.


Nota
: O Conselho Diaconal reunir-se-á regularmente para tratar de assuntos pertinentes a seus próprios trabalhos, inclusive aos de apoio à Igreja em geral e especialmente ao Ministério Pastoral. Reunir-se-á também para estudo de assuntos que lhe tenham sido encaminhados pelo Pastor, Diretoria da Igreja ou pelo Conselho de Líderes.

 

4. MINISTÉRIO DE CASAIS

Coordenadores: Wilson José Ortiz Gomes e Ivete Fernandes C. Ortiz Gomes

 

Compete ao Ministério de Casais desenvolver atividades que proporcione aos cônjuges possibilidades do aperfeiçoamento cristão no lar como casal e como pais exercendo as seguintes atribuições:

a)     Reforçar o Núcleo de Discipulado preparando os casais para serem eficazes testemunhas de Deus em todas as áreas de suas vidas.

b)    Dar suporte na restauração de casamentos e de famílias.

c)     Organizar eventos de confraternização (Encontros, Retiros) de comunhão e de estudo da Palavra de Deus.

d)    Ser exemplo de desempenho no Serviço Cristão.

e)     Atuar como mentor incluindo oração, visitas de apoio e conversas e aproximação aos casais.

f)      Promover engajamento (incluir cooperados na equipe e reproduzir líderes para este ministério com o objetivo da expansão e crescimento).

g)     Desenvolver o interesse para a participação da igreja, através de familiares e amizades.

 

5. MINISTÉRIO DE EVANGELISMO E MISSÕES:

O Ministério de Evangelismo e Missões, cujo coordenador é indicado pelo Pastor Titular, mediante homologação da Assembléia Geral, possui as seguintes atribuições:

a) promover e coordenar as atividades de Evangelização, através de variadas formas de divulgação do evangelho;

b) propor a implantação de unidades de trabalho, tais como capelanias hospitalares, prisionais e estudantis, indicando os nomes dos dirigentes dessas unidades vinculadas ao Ministério de Evangelismo, após submetê-los à avaliação do Pastor Titular;

c) estudar e propor à Igreja a implantação de convênios e de frentes missionárias no Brasil e no exterior, acompanhando seu desenvolvimento através de informações e visitações periódicas;

d) estudar a disposição geográfica do bairro de Pinheiros, como campo prioritário à atividade de evangelização da Igreja, visando a identificar locais estratégicos para ação evangelizadora;

e) programar equipes de pregadores para as atividades de divulgação do evangelho e capacitar recursos humanos voluntários para as diversas atividades do Ministério de Evangelismo;

f) prover e controlar todo o material impresso para a atividade de evangelização da Igreja;

g) promover a divulgação da Igreja em locais estratégicos do bairro de Pinheiros, com a utilização de instrumentos adequados;

h) promover evangelização em Pontos de Pregação, Congregações, Presídios, Hospitais, Condomínios, Lares, Praças Públicas e em outros ambientes, adequando sua ação às características, limitações e exigências de cada local;

i) desenvolver atividades de apoio evangelístico a instituições sociais;

j) participar de Congressos, Encontros e Reuniões que enriqueçam o Ministério de Evangelização e assim manter atualizada a atuação ministerial;

k) zelar pela conservação dos instrumentos musicais e aparelhos de som de propriedade da Igreja, quando utilizados na atividade externa de evangelização e informar, a quem de direito, sobre a necessidade de sua manutenção ou renovação;

l) opinar sobre a conveniência de aquisição de instrumentos musicais e aparelhos de som, utilizáveis nas atividades de evangelismo externo, que substituam antigos ou ampliem a instrumentação existente;

m) propor verba orçamentária anual, gerindo seus recursos durante o exercício, através da autorização e acompanhamento da aplicação dos desembolsos necessários às atividades das unidades de trabalho do Ministério;

n) apresentar ao Pastor da Igreja planos, projetos, programas e atividades do Ministério para sua apreciação e anuência, orientado pelo plano estratégico em vigor.

 

6. MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO CRISTÃ

Coordenação:

O Ministério de Educação Cristã, cujo coordenador é indicado pelo Pastor Titular, mediante homologação da Assembléia Geral, possui as seguintes atribuições:

 

a) promover, coordenar e integrar as atividades de Educação Religiosa, cujo objetivo principal é o estudo bíblico sistemático, de forma a levar o educando à maturidade cristã, através da dinamização da Escola Bíblica Dominical, da realização de treinamentos, reuniões e encontros em que se analisem temas da vida cristã e se estimule o exercício prático dos ensinamentos ministrados;

b) promover atividades que ensejem a participação individual do educando em programas orientados, que o capacitem adquirir condições para prestar serviços e atuar nas atividades da Igreja;

c) estimular o pleno funcionamento de todos os demais organismos da igreja, dando o devido suporte didático-pedagógico.

d) selecionar e indicar os professores do estudo bíblico vinculados ao Ministério de Educação Cristã, submetendo esses nomes à apreciação do Pastor;

e) promover reuniões periódicas com os professores de estudo bíblico, para avaliação de resultados, avaliação da presença de participantes, análise e definição de currículos para estudos bíblicos em períodos vindouros, exame de currículos alternativos e apreciação de outros aspectos que envolvam as atividades de interesse do Ministério de Educação Religiosa  Cristã;

f) promover a atualização dos professores de estudo bíblico, incentivando sua participação em Congressos, Encontros e Reuniões de conteúdo cognitivo e didático;

g) providenciar, observados os devidos prazos, toda a literatura para utilização nas áreas de Educação Cristã;

h) diligenciar, junto aos órgãos próprios da Igreja, para que as instalações em que atuam os professores de ensino bíblico estejam sempre nas melhores condições de utilização;

i) promover a aquisição de recursos didáticos para utilização dos professores de estudo bíblico e estimular sua plena utilização;

j) promover e dar conteúdo próprio às atividades de Congressos, Acampamentos, Oficinas Pedagógicas, Institutos Bíblicos, Grupos de Estudos Especializados e outros que atendam aos objetivos do Ministério de Educação Cristã;

k) Criar e manter atualizada a Biblioteca da Igreja com livros e revistas voltados para as atividades do interesse do Ministério de Educação Religiosa Cristã;

l) propor verba orçamentária anual, gerindo seus recursos durante o exercício, autorizando e acompanhando a aplicação de seus desembolsos, necessários às suas atividades;

m) apresentar ao Pastor da Igreja planos, projetos, programas e atividades do Ministério para sua apreciação e anuência, orientado pelo plano estratégico em vigor.

 7. JUBAPI – Juventude Batista em Pinheiros

Coordenadores:

 Promover a integração e o aperfeiçoamento de todos os jovens da Igreja, objetivando um melhor relacionamento com Deus, com a família e com os outros, incutindo-lhes o caráter cristão e, desta forma, atrair outros jovens não cristãos ao convívio da Igreja.

Atribuições: Coordenar todas as atividades da juventude; Capacitá-los na Palavra de Deus; Promover encontros sociais dinâmicos, inspirativos de louvor e adoração; Integrá-los nos trabalhos da Igreja; Conscientizá-los a ter uma vida sadia na área física, espiritual e emocional.

 

8. ABAPI – Adolescentes Batista em Pinheiros

Coordenadores:

Missão: Promover a integração e o aperfeiçoamento de todos adolescentes da Igreja, objetivando um melhor relacionamento com Deus, com a família e com os outros, incutindo-lhes o caráter cristão e, desta forma, atrair outros adolescentes não cristãos ao convívio da Igreja.

Atribuições: Coordenar todas as atividades dos adolescentes; Capacitá-los na Palavra de Deus; Promover encontros sociais dinâmicos, inspirativos de louvor e adoração; Integrá-los aos trabalhos da Igreja; Conscientizá-los a ter uma vida sadia na área física, espiritual e emocional.

 

9.  MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO CRISTÃ E CELEBRAÇÃO INFANTIL

Coordenadoras:

Missão: Desenvolver na criança o interesse pelas coisas de Deus por meio da educação cristã, realizando atividades que gerem a sociabilidade, afetividade e o amor por Jesus Cristo e com o próximo.

Atribuições: Coordenar toda atividade educacional infantil da Igreja e os cultos infantis; Promover um ambiente agradável e seguro social-recreativo-cultural-espiritual do ministério; Selecionar revistas e material didático; Promover festas infantis e EBF`S.

 

10. MINISTÉRIO DO BERÇÁRIO

Coordenadora:

Missão: Oferece cuidado e atenção aos bebês de 0 a 24 meses, proporcionando ambiente onde possam experimentar o amor de Deus. É um lugar de fortalecimento dos vínculos entre família e igreja.

 Objetivo:  Bebês adquirindo as primeiras impressões sobre o amor de Deus por meio da atuação cuidadosa e afetuosa dos voluntários.

Atribuições: Coordenar e acompanhar dominicalmente o trabalho dos voluntários, organizar e confirmar a escala dominical, acompanhar o trabalho realizado e intervir quando necessário; recepcionar as famílias e os bebês, fazer o registro de entrada e controlar a saída dos bebês.

Pré-requisitos: Membro da Primeira Igreja Batista em Pinheiros , Habilidade para trabalhar em equipe.

 

11. MINISTÉRIO DE AÇÃO SOCIAL CRISTÃ

Coordenadores:

Missão: Assistir as pessoas carentes, amparando-os dentro do possível, em suas necessitadas básicas, principalmente aos domésticos da fé, suprindo-lhes ajuda física, emocional e espiritual.

Atribuições:  Praticar o social dentro dos princípios bíblicos;  Realizar sindicância e acompanhamento aos candidatos carentes;  Manter atualizado os dados de ajuda prestada;  Levantar ofertas, donativos para suprir as necessidades;  Criar órgãos de assessoria a comunidade.

 

12. Ministério de Administração e patrimônio

Coordenação:

As atribuições do Ministério de Administração Patrimonial são as seguintes:

a) inventariar e manter atualizado em cadastro todo o patrimônio da Igreja – imóveis, móveis e utensílios mais significativos;

b) vistoriar o patrimônio da Igreja e solicitar autorização para reparos e consertos, obras de manutenção e melhoramentos, quando couber;

c) incluir ou baixar aquisições ou vendas;

d) acompanhar e supervisionar a realização de obras, compra e venda de bens, observadas normas de administração financeira da Igreja, com a apresentação de relatório e prestação de contas à Diretoria da Igreja,  especialmente o pastor presidente.

e) verificar, periodicamente, a movimentação dos bens patrimoniais da Igreja, bem como a utilização adequada dos mesmos, face aos objetivos estabelecidos no Estatuto, reportando à Assembléia, através de relatórios e pareceres, os casos que devem ser levados ao seu conhecimento e deliberação.

 

13. MINISTÉRIO DA COZINHA E CANTINA

Coordenação: Márcia Carraro Ficher

Missão: Oferecer à Igreja um ambiente de comunhão por meio de encontros sociais após os cultos e eventos da Igreja, assessorando os ministérios quando solicitar sua participação.

Atribuições: Criar um ambiente agradável para os momentos de alimentação; Promover refeições de integração para as famílias;  Dar suporte a paradas para o café nos intervalos dos encontros promovidos pela igreja; Coordenar a  cozinha e  cantina da Igreja; Zelar pela ordem e limpeza e manutenção do patrimônio; Apresentar proposta de compra para melhor equipar a setor, para que atenda plenamente e satisfatoriamente as demandas dos encontros sociais (almoço, jantar, café, etc.)

 

14. Ministério de Oração e desperta Débora

Coordenação: Maria Tereza Veríssimo

Ao Ministério de Oração e Intercessão compete apoio espiritual da Igreja, aos  membros da igreja e seus famíliares e ministérios, através da oração intercessória, além de promover e estimular a vida de oração no seio da igreja, ensinando sobre o valor e a prática da comunhão com Deus pela oração.

Cabe também a esse ministério a coordenação dos cultos de oração, vigílias, jornadas e semanas de oração, promovendo nos mesmos a participação e o crescimento da Igreja na vida de oração.

Propósito: Interceder em favor do crescimento espiritual da Igreja, seus membros e ministérios, no sentido da plena realização de sua missão, e também em favor da obra missionária em toda a sua amplitude, além de promover a conscientização dos membros da Igreja, no sentido de que cada crente é responsável diante de Deus para interceder por sua vida, pelas pessoas a sua volta, por sua Igreja e pelo estabelecimento do Reino de Deus.

 

15. MINISTÉRIO DE MARKETING e COMUNICAÇÃO

Coordenação: Wilson José Ortiz Gomes/ Publicidade

  •  Moisés de Mattos Scripnic/ Fotografia
  •  Artur Lamas Silva/ Fotografia
  •  Ricardo Soares Ferro/ Programador

 

O Ministério de Comunicação possui as seguintes atribuições:

a) dar publicidade aos fatos de interesse da Igreja, promovendo a divulgação de datas comemorativas, aniversários, nascimentos, casamentos, bodas, e outras informações afetas a este Ministério;

b) coordenar a organização e manutenção da página eletrônica da Igreja na rede mundial de computadores (internet) e, quando possível, em outros meios de comunicação, promovendo a divulgação de eventos e de informações pertinentes;

c) manter atualizado o registro de fatos históricos relevantes para a Igreja, assim como incentivar a preservação de acervo e documentação pertinentes.

d) coordenar a elaboração de boletins dominicais e a produção de material de divulgação da igreja, como back lights, cartazes, faixas de datas comemorativas e convites, dentre outros;

e) ocupar espaços na mídia, apresentando o posicionamento da igreja frente a fatos relevantes ocorridos na sociedade;

f) propor verba orçamentária anual, gerindo seus recursos durante o exercício, autorizando e acompanhando a aplicação de desembolsos necessários às atividades deste Ministério;

g) apresentar ao Pastor da Igreja planos, projetos, programas e atividades do Ministério para sua apreciação e anuência, orientado pelo plano estratégico em vigor.

16. MINISTÉRIO DE RECEPÇÃO E SEGURANÇA

Coordenação: Moisés de Mattos Scripnic

Missão: Recepcionar calorosamente todas as pessoas que adentrarem no recinto da Igreja, acolhendo-os com amor e entusiasmo, acomodando-os em lugares que  possam gerar-lhes satisfação e conforto de acordo com sua faixa etária.

Atribuições:  Receber com alegria as pessoas dando-lhes boas vindas;  Entregar o boletim ou outra informação; Colher dados para futuras comunicações;  Conduzir com carinho as pessoas aos assentos;  Estar atento às necessidades de informações.

 

ATIVIDADES REGULARES

SÁBADOS: Ensaios| 14h às 18h.
 DOMINGO*
  • 09h30: Escola Bíblica de Discipulado
  • 10h30: Culto e Celebração Matutina
  • 18h30: Culto e Celebração Vespertina

(*) Primeiro domingo do mês – Começando Mês com Deus & Café Comunhão

  • Culto de Oração, às 9h
  • Café da manhã, às 9h20

 

QUARTA-FEIRA
  • 20h | Culto de Oração

–        Adoração e Louvor
–        Comunhão Fraternal
–        Intercessão
–        Estudo Bíblico

 

A IBAPI estará unida em Cristo através dos seus dons para servir e glorificar a deus ATRAVÉS DOS SEGUINTES OBJETIVOS:

  1. ALCANÇAR OUTRAS VIDAS PARA CRISTO ATRAVÉS DO SERVIÇO VOLUNTÁRIO NO EVANGELISMO E MISSÕES: NOSSA MISSÃO;
  2. APERFEIÇOAR A VISÃO DA MISSÃO DA IGREJA NOS DISCÍPULOS DE CRISTO PARA VOLUNTÁRIAMENTE SERVIREM AO REINO DE DEUS: Nossa Visão;
  3. MELHORAR A SAÚDE DA COMUNHÃO FRATERNAL ENTRE MEMBROS DA IGREJA ATRAVÉS DA MUTUALIDADE PARA HAJA ALEGRIA NO SERVIÇO AO PRÓXIMO: NOSSO AMBIENTE;
  4. INVESTIR EM VIDAS, TALENTOS, TEMPO, BENS E NAS FAMÍLIAS: NOSSA ESTRATÉGIA E DESAFIO;
  5. FORTALECIMENTO ESPIRITUAL E MATERIAL COM O PROPÓSITO DE ALCANÇAR NOVOS VOLUNTÁRIOS PARA EM AMOR SERVIR A CRISTO NA IGREJA LOCAL – NOSSA BASE.